A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) promoveu uma transmissão ao vivo, na terça (23), nas redes sociais para debater os novos hábitos de consumo de produtos lácteos em meio à pandemia do novo coronavírus.
O presidente da Comissão Nacional de Bovinocultura de Leite da CNA, Ronei Volpi, destacou a atuação dos setores privado e público para não haver interrupção ao longo da cadeia do agronegócio, garantindo o acesso aos alimentos.
“A pandemia nos trouxe diversas incertezas, entre elas a preocupação dos consumidores em relação a uma possibilidade remota de desabastecimento de produtos lácteos no País. Isso rapidamente se reverteu graças à ação conjunta de representantes do setor produtivo e de órgãos públicos para garantir a continuidade da produção de alimentos e o abastecimento da população”.
Entre as tendências de consumo, o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos, João Dornellas, apontou que as experiências de compras online de alimentos pré-prontos para finalização do preparo em casa é uma das tendências de consumo.
“Além disso, as pessoas estarão ainda mais atentas em saber a origem dos alimentos que consomem. Para os produtores rurais brasileiros isso não é uma preocupação, pois já adotam boas práticas de produção e de fabricação de alimentos seguindo elevados padrões de qualidade. Exemplo disso é que o Brasil exporta alimentos para mais de 180 países”.
Durante a live a editora chefe da Revista Leite Integral e Idealizadora do Movimento Beba Mais Leite, Flávia Fontes, reforçou que a busca dos produtores de leite pela diferenciação de seus produtos, como a certificação, pode ajudar no fortalecimento e saída da crise.
“Os produtores de leite precisam estar atentos a isso, pois acreditamos que a retomada para o setor no período pós-pandemia será muito boa, inclusive com expectativa de crescimento. Além disso, os produtos lácteos são essenciais e saudáveis, então é importante os produtores ficarem preparados para esse momento”.

Assessoria de Comunicação CNA/SENAR
Telefone: (61) 2109 1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Fonte:https://www.abia.org.br/vsn/tmp_2.aspx?id=456

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui